FÓRUM BÍBLICO DF




A PARÁBOLA DAS DEZ VIRGENS


Na parábola das dez virgens, no capítulo 25 de Mateus, Cristo ao contar a parábola faz referência à nação de Israel ou à igreja ou a ambos? As virgens que esperavam o encontro com o noivo estariam a serviço da noiva ou o noivo descrito por Jesus era adepto da poligamia e tomaria todas elas como esposas? Até onde os “equívocos piedosos” prejudicam o povo de Deus quanto à interpretação bíblica? Como distinguir os “equívocos piedosos” (que não prejudicam a comunhão com Cristo) da soberba eclesiástica que produz frutos danosos à caminhada do povo de Deus?

Um comentário:

  1. Esta é uma questão bastante complexa e está longe de ser resolvida. Ao longo dos anos, grandes teólogos e pregadores de diferentes confissões aplicaram interpretações diferentes sobre a Parábola das Dez Virgens. Todos concordam que o Noivo é Cristo. Sobre o direcionamento da parábola, alguns defendem que ela se aplica exclusivamente aos judeus, enquanto outros acreditam que ela se refira a todos os que professam a fé cristã (verdadeiros e nominais).

    ResponderExcluir

Política de Moderação dos Comentários:

1 - A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Comentários com conteúdo ofensivo não serão publicados, pois debatemos idéias e não pessoas ou instituições. Discordar não é problema, visto que na maioria das vezes redunda em edificação e aprendizado. Contudo, discorde com educação e respeito.

2 - A aprovação de seu comentário seguirá os nossos critérios. O Grupo Doutrina Fiel tem por objetivo a edificação e instrução de seus leitores. Comentários que não seguirem as regras acima e estiverem fora do contexto do blog, não serão publicados.